Artigo em revista científica
Tradução e validação para a língua portuguesa das escalas de presentismo WLQ-8 e SPS-6
Aristides I. Ferreira (Ferreira, A. I.); Luís Martinez (Martinez, L. F.); Luís Manuel Sousa (Sousa, L. M.); João Vieira da Cunha (Cunha, J. V.);
Título Revista
Avaliação Psicológica
Ano
2010
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
Este estudo teve como objectivo a validação para a língua Portuguesa de duas escalas de presentismo e apresentar as características métricas das versões reduzidas do Work Limitations Questionnaire (WLQ) e da Stanford Presenteeism Scale (SPS-6). Tratando-se de instrumentos desenvolvidos para avaliar o presentismo: um fenômeno frequente nas organizações que consiste no facto de as pessoas estarem presentes no local de trabalho mas, devido a problemas físicos ou psicológicos, não conseguirem cumprir as suas funções na totalidade. Participaram no nosso estudo trabalhadores Portugueses pertencentes aos sectores da saúde, ensino e banca (n = 305). Através da realização de análises de componentes principais com rotação varimax, análises factoriais confirmatórias, estudos de concomitância e teoria de resposta ao item, foram demonstradas as boas qualidades métricas de ambas as escalas. Desta forma, sugere-se a aplicação destes instrumentos em contexto organizacional, com vista a detectar padrões de inactividade dos recursos humanos associados ao presentismo.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Validação,Psicometria,TRI,Produtividade,Recursos Humanos