Artigo em revista científica Q1
Violent computer games and their effects on state hostility and physiological arousal
Patrícia Arriaga (Arriaga, P.); Francisco Gomes Esteves (Esteves, F.); Maria Paula Carneiro (Carneiro, M. P.); Maria Benedicta Monteiro (Monteiro, M. B.);
Título Revista
Aggressive Behavior
Ano
2006
Língua
Inglês
País
Estados Unidos da América
Mais Informação
--
Web of Science®

N.º de citações: 20

(Última verificação: 2020-10-21 01:38)

Ver o registo na Web of Science®

Scopus

N.º de citações: 17

(Última verificação: 2020-10-19 07:54)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
An experimental study was conducted to investigate the impact of violent computer games on state hostility, state anxiety and arousal. Participants were undergraduate students, aged from 18 to 25 years. Before the experimental sessions, participants filled in self-report measures concerning their video game habits and were also pre-tested for aggressiveness and trait anxiety. Physiological responses (heart rate and skin conductance) were measured during the experiment. After playing, information about state hostility and state anxiety was collected. The results showed that participants who played the violent game reported significantly higher state hostility, and support the assumption that an aggressive personality moderates the effect of playing a violent game on state hostility.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
State hostility; Violent computer games; Virtual reality
  • Psicologia - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.