Ciência-IUL    Autores    Elizabeth Reis    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Erro de não-resposta nas sondagens telefónicas com telemóveis: causas, efeitos e correcções
As não-respostas constituem uma das maiores preocupações na realização de sondagens. Qualquer sondagem, independentemente do método de recolha adoptado, é afectada pela dificuldade em contactar e/ou conseguir a colaboração das pessoas. As sondagens por telemóvel não são excepção a esta situação. A recolha e análise de paradados no contexto das sondagens por telemóvel é essencial na investigação das causas e das consequências da não-resposta nos resultados da sondagem. A compreensão do mecanismo gerador de não-respostas e dos seus efeitos é indispensável para a implementação de estratégias eficientes de contacto e para o desenvolvimento de procedimentos de ajustamento dos resultados que minimizem o efeito das não-respostas no erro da sondagem. Este projecto teve três linhas de investigação, correspondentes a três objectivos interligados: (1) Identificar os determinantes mais significativos da não-resposta nas sondagens por telemóvel, de entre um conjunto de factores relativos ao processo da sondagem e a atributos dos elementos da amostra seleccionados, (2) Medir o impacto da não-resposta nos resultados da sondagem - em que medida respondentes e não-respondentes são diferentes e como é que as não-respostas afectam as estimativas da sondagem e (3) Definir mecanismos de ajustamento das respostas para atenuar o efeito das não-respostas.
Informação do Projeto
2012-03-01
2015-02-28
Parceiros do Projeto
Programa de Controlo e Avaliação da Qualidade dos Censos 2011
O projecto teve como objectivo principal a concepção de um sistema de controlo de processos inerentes à realização do Recenseamento Geral da População e Habitação 2011. Os objectivos específicos do projecto foram: (a) definição, desenho e acompanhamento da implementação do controlo e avaliação da qualidade no 2º teste de preparação e no teste-piloto, (b) definição da metodologia, procedimentos e instrumentos para avaliar e controlar a qualidade dos Censos 2011 e (c) avaliar a eficácia da metodologia concebida. Como resultados foi produzido um Sistema de Indicadores de Alerta e um Mapa de Alerta que possibilitaram a monitorização em tempo real das operações de trabalho de campo de recenseamento de indivíduos e alojamentos
Informação do Projeto
2008-01-01
2012-12-31
Parceiros do Projeto
Modeling socio-economic change using longitudinal data
Utilizando metodologia de topo e, quando necessário, desenvolvendo metodologia apropriada, este projecto pretende melhorar as práticas dos metodólogos e dos investigadores nas áreas das ciências sociais que lidem com dados longitudinais. O trabalho em causa pretende responder tanto a questões metodológicas como a problemas substantivos. Serão utilizados dados do Consortium of Household panels for European socio-economic Research (CHER), com o intuito de ilustrar os desafios metodológicos com que o investigador se depara quando pretende modelar transições sócio-económicas. Exemplos didáticos retirados da investigação substantiva efectuada no âmbito deste projecto de investigação serão utilizados para apresentar estratégias metodológicas de modelação estatística. Tal permitirá a escolha dos métodos estatísticos mais adequados à análise de dados com uma estrutura longitudinal, incorporando não só erros de medida como também dados amostrais obtidos com recurso a desenhos amostrais complexos. Com efeito, os dados amostrais são a principal fonte de informação em termos de características sócio-demográficas da população, actividade económica, estilos de vida e estudos de opinião. Os dados amostrais longitudinais permitem a medição periódica das mudanças sócio-económicas dos inquiridos. Em estudos de painel são utilizados os mesmos indivíduos e as mesmas (e / ou outras) variáveis em pelo menos dois momentos temporais diferentes. Os dados em painel são assim particularmente apropriados para investigar alterações ao nível do inquirido. Contudo, os estudos longitudinais também permitem distinguir o grau de variação de resposta de um inquirido ao longo do tempo do grau de variação ou mudança entre indivíduos. Tal permitirá, em princípio, e a partir de inferência sobre essa mudança, estabelecer interpretações de causalidade e determinar a direcção e magnitude de tais relações causais. A análise de dados em painel permite ainda medir o impacte de medidas de política sócio-económ...
Informação do Projeto
2007-10-01
2011-06-30
Parceiros do Projeto