Projetos de Investigação
Perfil do Estudante dos PALOP nas IES em Portugal: caracterização, expetativas, constrangimentos
O Centro de Estudos Internacionais do Iscte – Instituto Universitário de Lisboa e a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria realizam, com o apoio do Camões IP, um Estudo e Conferência sobre: Perfil do Estudante dos PALOP nas IES em Portugal: caracterização, expetativas, dificuldades. Este evento visa aprofundar a reflexão sobre a cooperação educacional entre países africanos e outras nações, à luz dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente o ODS 4 e o ODS 8. É notório um aumento significativo no número de estudantes oriundos dos PALOP no sistema universitário português ao longo da última década. Em virtude dos acordos estabelecidos entre o governo português e os governos de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, os estudantes desses países têm a oportunidade de concorrer ao ensino superior por meio de vagas designadas para estudantes internacionais, sujeitos ao mesmo valor de propinas aplicado aos estudantes nacionais e do espaço universitário europeu. Apesar do notável aumento de estudantes provenientes destas regiões, os estudos existentes sobre esse grupo são limitados e de natureza monográfica. Torna-se imperativo adquirir um entendimento mais aprofundado dessa nova realidade, na qual Portugal se posiciona alinhado com os ODS, particularmente o ODS 4 e o ODS 8, facilitando assim a formação avançada desses estudantes.
Informação do Projeto
2022-03-01
2023-09-30
Parceiros do Projeto
Avaliação Externa à Intervenção da Cooperação Portuguesa no Sector da Educação (Pré-Escolar, Básico e Secundário) na Guiné-Bissau (2009-2016) - Prestação de serviços
O objeto desta avaliação é a intervenção da Cooperação Portuguesa no Setor da Educação, nas áreas do Ensino Pré-Escolar, Ensino Básico (incluindo a componente de formação de agentes educativos) e Ensino Secundário, na República da Guiné-Bissau, no período compreendido entre setembro de 2009 e agosto de 2016. Tratou-se de uma avaliação externa, realizada depois dos projetos terem terminado, com a finalidade de apresentar os principais resultados das intervenções nas áreas de atuação, identificar lições e boas práticas, promover a prestação de contas, a transparência e a disseminação de resultados. Procurou-se refletir sobre a implementação das diferentes intervenções e produzir recomendações que auxiliem na tomada de decisões para eventuais intervenções futuras. No período em análise (2009-2016) foram objeto de avaliação os projetos sob administração direta do IPAD e do Camões I.P., depois CICL (PASEG II (2009-2012) e Projeto "Unidades de Apoio Pedagógico”) e os projetos implementados pela FEC (projetos Djunta Mon (2009-2012) e projeto PEQPGB (2012-2016)). Pela sua relevância em termos de financiamento, população envolvida e impacto, foram destacados os projetos PASEG II e PEQPGB. Foram ainda abordados projetos complementares financiados pela Cooperação Portuguesa e implementados pela FEC, nomeadamente, os projetos Bambaran di Mindjer (2009-2014), Bambaran di Mininu (2012-2015) e Acesso e Qualidade de Ensino na Guiné-Bissau (2010-2011).
Informação do Projeto
2016-09-19
2018-12-31
Parceiros do Projeto