Editor de livro
A demografia das sociedades insulares portuguesas
Paulo Teodoro de Matos (Matos, P. T. de); Carlota Santos (Santos, Carlota);
Abstract/Resumo
Durante a primeira metade do século XV ensaiam‐se na Madeira e nos Açores os primeiros modelos sistemáticos de ocupação do espaço de Além‐Mar, no contexto da Expansão Ultramarina Europeia. Nestes arquipélagos, espaços de fronteira entre o Velho e o Novo Mundo, emergem novas sociedades forjadas a partir de variadas con gurações administrativas, eclesiásticas, sociais e económicas. Em que medida pode a demogra a e a História das populações contribuir para um conhecimento mais aprofundado destas sociedades? Catorze investigadores debruçam‐se sobre as dinâmicas demográ cas e sociais destes espaços recorrendo a diversas fontes, como os registos paroquiais, os mapas estatísticos da população, os registos de expostos ou, até, de passaportes. A uma cronologia muito ampla – do povoamento das ilhas à actualidade – junta‐se a grande diversidade temática que transcorre os dez textos, inéditos e revisitados, aqui reunidos. É neste quadro que esta obra em muito ultrapassa a tradicional análise demográ ca. Para além dos importantes resultados demográ cos, são ofe‐ recidos novos contributos ao nível da metodologia da demogra a histórica insular, mortalidade urbana, uxos migratórios, estratégias matrimoniais das elites e, até, da exposição de crianças.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
demografia,mortalidade,nupcialidade,migrações,madeira,açores
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • História e Arqueologia - Humanidades

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.