Comunicação em evento científico
Formar quem ensina: jornalistas e professores promovem literacia para os media
Miguel Crespo (Crespo, M.); Vitor Tomé (Tomé, V.); Sofia Branco (Branco, S.); Isabel Nery (Nery, I,);
Título Evento
Conferência SciCom PT
Ano
2022
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

Esta publicação não está indexada no Google Scholar

Abstract/Resumo
O projeto “Literacia para os Media e Jornalismo” (LPMJ), desenvolvido por um grupo informal de voluntários, liderado pelo Sindicato dos Jornalistas, prepara jornalistas e académicos que formam professores do Ensino Básico e Secundário e os apoiam na criação e implementação de projetos de Literacia para os Media. Entre 2017 e 2022, cerca de 170 jornalistas, professores de jornalismo e investigadores (cerca de 80 em 2017, 70 em 2019, 10 em 2020 e 10 em 2021) receberam formação específica em Literacia dos Media. Mais de 250 professores do Continente e Açores foram formados através da oficina “Literacia, Media e Jornalismo: práticas pedagógicas com os media e acerca dos media”, acreditada, até 2024, pelo Conselho Cientifico-Pedagógico da Formação Contínua, que gere a formação contínua de professores em Portugal. A oficina foi desenvolvida em parceria com a Direção-Geral da Educação e o Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (CENJOR). Em 2020 foi solicitada pela Secretaria Regional da Educação do Governo dos Açores, para formar professores naquela região. O projeto, que tem o Alto Patrocínio da Presidência da República Portuguesa, lançou recentemente a iniciativa “Da redação para as escolas”, que permite a professores convidar formadores a ir à sua escola para trabalhar sobre os media e produzir media com os alunos, sem custos. A relevância e efetividade do projeto tornou-o a base do working package de Literacia para os Média do projeto IBERIFIER – Observatório Ibérico dos Media Digitais e da Desinformação (hub regional do EDMO – Observatório europeu dos Media Digitais), que reúne 23 entidades de Portugal e Espanha (universidades e centros de investigação, fact-checkers, agências de notícias e outros especialistas). O working package, liderado pelo CIES-ISCTE, consiste na criação de cursos para formadores, professores e jornalistas, em formato presencial, online ou MOOC, que serão ministrados em Portugal e Espanha.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
literacia,comunicação de ciência
  • Ciências da Educação - Ciências Sociais
  • Ciências da Comunicação - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.