Working paper
Game Theory, the Science of Strategy
Maria Cristina Peixoto de Matos (Matos, M. C.); Manuel Ferreira (Ferreira, M. A. M.);
Título Documento
Game Theory, the Science of Strategy
Ano
2022
Língua
Inglês
País
Reino Unido
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2022-06-29 23:22)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
This paper makes a simple presentation of strategy games emphasizing their application to management in general. The language used is very straightforward and mathematical symbols are avoided. Mathematical reasoning is presented descriptively. The dominant perspective is critical in that game theory has promised so much but to a certain extent has failed to fulfil its promises, mainly in real world applications. However, recent developments envisage a brighter future for game theory in both from a practical and theoretical aspect.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
game theory,minimax theorem,Nash theorem,Strategy
  • Matemáticas - Ciências Naturais
  • Economia e Gestão - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.