Ciência-IUL    Autores    Madalena Ramos    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Trajetória escolar, académica e profissional de jovens brasileiros, ucranianos e chineses
Este estudo pretende compreender de forma aprofundada a realidade escolar, académica e profissional experienciada por jovens brasileiros, ucranianos e chineses a viver em um dos três dos munícipios onde as comunidades imigrantes em Portugal estão mais representadas: Lisboa, Sintra e Odivelas. Esta abordagem permitirá comparar e entender como as biografias de vida destes jovens são configuradas segundo a sua origem nacional, género, e classe social. Pretende-se ainda analisar as políticas públicas e as acções e práticas desenvolvidas na integração destes jovens em Portugal. A metodologia inclui dados estatísticos secundários e entrevistas qualitativas, de modo a entender as dinâmicas de integração social experienciadas por estes jovens, e as diferenças dessas mesmas experiências segundo contextos sociais e culturais distintos. Equipa: Sofia Gaspar (Coord.), Madalena Ramos, Teresa Seabra, Ana Raquel Matias e Renata Carone. Consultores: Simeng Wang, José Carlos Marques, Juliana Iorio.
Informação do Projeto
2020-12-01
2022-11-30
Parceiros do Projeto
Estudo de Opinião no Âmbito do Projeto Capitania Online Plus - SAMA 2020
Esta proposta destina-se a dar resposta à solicitação da Direção-Geral da Autoridade Marítima (DGAM) de realização de um estudo de satisfação dos utilizadores com a aplicação “Capitania Online +”, acessível através do portal da Autoridade Marítima Nacional. Pretende-se, após a implementação desta aplicação, aferir do grau de satisfação dos utilizadores com vista à deteção de oportunidades de melhoria e de disponibilização de serviços adicionais. Desta forma, o CIES-IUL propõe a realização de um estudo de cariz extensivo, com base num inquérito por questionário, com recolha da informação durante um período de tempo alargado. O projeto “Capitania Online +” pretende, através do recurso a Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), flexibilizar e desburocratizar os serviços prestados pelas capitanias dos portos, bem como incrementar a comunicação horizontal, cumprindo os objetivos de modernização e racionalização da Administração Central, com a inerente melhoria da qualidade dos serviços prestados e aproximação da Administração Central aos cidadãos e às empresas” (DGAM, 2016, Capitania ONLINE +, Memória Descritiva, p. 20).
Informação do Projeto
2018-10-20
2020-07-01
Parceiros do Projeto
Evolução e Perfis dos Divórcios em Casais Binacionais em Portugal (1988-2013)
 Este estudo tem como objetivo analisar a evolução e os padrões do divórcio em casais binacionais em Portugal entre 1995 e 2013. Na origem do interesse pelos divórcios ocorridos entre casais binacionais (também designados por exogâmicos ou mistos) está o facto das comunidades imigrantes em Portugal terem aumentado consideravelmente, sobretudo a partir dos anos 1990 do séc. XX, contribuindo para um crescimento notável dos casamentos entre indivíduos de distintas origens nacionais. Este projeto incide sobre os divórcios de casais entre cidadãos nacionais (nacionalidade portuguesa) e cidadãos de algumas das comunidades imigrantes mais representadas em Portugal, provenientes de um dos três grupos seguintes: a) Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) (Cabo Verde e Angola); b) Brasil; e c) Europa de Leste (não comunitária), nomeadamente Rússia e Ucrânia. De modo a aprofundarmos os motivos que conduzem à rutura deste tipo de uniões, este projeto de investigação desenvolve tanto uma análise quantitativa sobre a evolução e as características sociodemográficas dos parceiros envolvidos, como uma análise qualitativa sobre o processo do divórcio em si, e das principais dificuldades surgidas posteriormente a nível legal, pessoal, e familiar pelos cidadãos imigrantes.  
Informação do Projeto
2014-06-01
2015-06-30
Parceiros do Projeto
Evolução e Padrões de Casamentos Binacionais em Portugal (1988-2011)
Este projeto tem como objetivo descrever, analisar e interpretar uma área que tem merecido um tratamento deficitário em Portugal, isto é, o desenvolvimento dos casamentos binacionais desde 1988 a 2011. Os dados serão recolhidos de instituições oficiais portuguesas, particularmente os micro-dados dos casamentos do Instituto Nacional de Estatística (INE). O estudo destas bases de dados permitirá a análise de certos indicadores demográficos, como sejam o ano do casamento, a cidade de residência, o local de nascimento, nacionalidade, filhos comuns prévios ao casamento, idade dos conjugues, estado civil prévio ao casamento, situação na profissão e nível educacional. Além de permitir a constituição de um considerável acervo de informação quantitativa, o tratamento e análise destes dados permitirá também criar um desenho metodológico longitudinal das principais tendências e padrões dos casamentos binacionais em Portugal, bem como compreender quem são os atores sociais (conjugues portugueses e estrangeiros) envolvidos nestas uniões mistas.
Informação do Projeto
2013-04-01
2014-09-30
Parceiros do Projeto
Impacte do nível de escolarização (básico e secundário) na empregabilidade juvenil: Portugal no contexto europeu
Informação do Projeto
2009-09-01
2010-12-31
Parceiros do Projeto
Profissionais em Tecnologias da Informação e da Comunicação: Educação, Tecnologia e Desenvolvimento Informacional
A escassez de profissionais em TIC tem vindo a ser crescentemente mediatizada pelo poder político, quer ao nível nacional quer ao nível europeu, enquanto elemento condicionador da competitividade e crescimento da economia.
Informação do Projeto
2005-07-01
2009-12-31
Parceiros do Projeto