Capítulo de livro
Educação em tempos de austeridade
Rosário Mauritti (Mauritti, R); Maria do Carmo Botelho (Botelho, M.C.); Nuno Nunes (Nunes, N.); Daniela Craveiro (Craveiro, D.);
Título Livro
Práticas Inovadoras em Gestão Universitária: Interfaces entre Brasil e Portugal
Ano
2020
Língua
--
País
--
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
O estudo analisa os efeitos sociais das políticas de austeridade implementadas em Portugal na sequência do pedido de ajuda financeira pelas autoridades nacionais, que implicou um período de governação tutelada pela chamada Troika, fortemente atentatória de direitos e garantias fundamentais dos cidadãos. O texto dá um especial destaque aos efeitos dessas políticas no setor da educação. Partindo da teoria das “mãos do estado” de Pierre Bourdieu, a pesquisa empírica analisa dados institucionais relativos a dois ciclos governativos, um primeiro entre 2011 e 2015, marcado por um forte retrocesso das políticas redistributivas, um segundo entre 2016 e 2018, marcado por uma nova solução governativa e em contraciclo à forte austeridade imposta anteriormente. A comparação dos dois períodos dá relevo à importância das orientações políticas no incremento ou mitigação das desigualdades sociais. O estudo conclui que é possível a construção de uma “alternativa credível à austeridade”, que concilie crescimento económico sustentável com proteção social e defesa de condições de vida e dignidade das pessoas.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
políticas redistributivas,Educação,Alternativas à austeridade

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.