Ciência-IUL    Autores    João Carvalho    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Impacto do partidos de extrema direita na política de imigração
Este plano de trabalho propõe-se a desenvolver investigação científica sobre os temas das políticas de imigração e dinâmicas políticas das migrações internacionais; políticas de integração e de acesso à cidadania dos imigrantes; impacto dos partidos de extrema-direita nos sistemas políticos; desenvolvimento eleitoral de partidos de extrema direita; estratégias de partidos moderados perante partidos extremistas. Estas investigações irão obedecer a estratégias de investigação de análise comparada qualitativa ou de estudo de um caso singular. Colaborações com colegas nacionais e estrangeiros também serão desenvolvidas para elaborar artigos em co-autoria e propostas de projetos científicos com equipas científicas multidisciplinares. Uma componente transversal ao plano de trabalho apresentado consiste na disseminação do meu perfil científico em meios internacionais e por esta via fomentar a internacionalização do CIES-IUL.
Informação do Projeto
2018-11-01
2024-10-31
Parceiros do Projeto
O Impacto da imigração no sector agrícola: o caso do Alentejo
A migração dos trabalhadores, tanto em termos geográficos como em termos ocupacionais de atividades relacionadas com a agricultura, consiste numa das maiores transformações neste sector no século XX. O meio rural português tem sido caracterizado pelo elevado índice de desertificação, bem como pelo envelhecimento da população. Em paralelo a agricultura, principal atividade económica localizada no meio rural observou um declínio substancial em termos de preponderância no mercado laboral e na economia nacional. A combinação da falta de mão de obra e a os elevados níveis de concorrência tem incentivado um processo de reestruturação do sector agrícola, apostado fortemente na internalização. A integração de trabalhadores estrangeiros e a expansão da procura de mão de obra no sector agrícola Português constituem um paradoxo atendendo ao declínio do meio rural observado no século XX. Este paradoxo constitui o ponto de partida deste projeto de investigação, que tem quatro dimensões principais: 1. Identificar as características, intensidade e determinantes da procura de mão de obra estrangeira no setor agrícola na região do Alentejo; 2. Analisar o perfil sociodemográfico e as expectativas dos trabalhadores estrangeiros inseridos no mercado de trabalho do sector agrícola na região do Alentejo
Informação do Projeto
2018-11-01
2020-09-30
Parceiros do Projeto
Imigração e tráfico para exploração laboral. Nepaleses nas estufas em Portugal
O projeto foca-se sobre a migração de nepaleses para estufas de frutos vermelhos no sul de Portugal e a relação com tráfico para exploração laboral. Tem dois objetivos principais, o de investigação e o de contributo para ações de prevenção e combate ao tráfico. Para tal, num primeiro momento, pretende realizar entrevistas no país de origem a imigrantes nepaleses antes de saírem do Nepal e aos que, entretanto, regressaram de Portugal, bem como aos imigrantes nepaleses no país de destino (Portugal), para perceber o papel específico entre as empresas de recrutamento e o tráfico durante todo o processo migratório. A investigação será divulgada em dois artigos científicos. Para o contributo de ações os membros da equipa pretendem discutir com os diferentes agentes que interagem no processo migratório dos nepaleses (recrutadores, gestores de empresas agrícolas, autarquias, SEF, ACT, Observatório do Tráfico de Seres Humanos, entre outros) a criação de iniciativas para prevenir e combater o tráfico de seres humanos para exploração laboral, bem como uma maior visibilidade e articulação para as atividades já implementadas, como é o caso da “Nova Geração de Contratos Locais de Segurança” em Serpa, do Ministério de Administração Interna. A discussão de ações irá centrar-se em três eixos. Em primeiro lugar, o modo como o trabalho agrícola e natureza sazonal pode ser enquadrado em trabalho regulado, tendo como base a Diretiva 2014/36 – EU, de 26/02/2014, relativa à entrada de cidadãos de países terceiros para trabalho sazonal, a qual se encontra ainda por ser transporta para Portugal. Em segundo lugar, iniciativas para uma maior participação de nepaleses em cursos de língua portuguesa já existentes em concelhos no sul de Portugal (AA.VV. 2015), como um dos principais recursos de integração e capacitação de imigrantes. Em terceiro lugar, a tradução de legislação laboral portuguesa seleccionada para inglês e nepalês, para capacitar os trabalhadores nepaleses e empreendedores de ag...
Informação do Projeto
2017-10-01
2019-02-28
Parceiros do Projeto
Apoio e Oposição à Imigração em Portugal numa Perspectiva Comparada
Este projeto de pesquisa comparativo intitulado: Apoio e Oposição à Imigração em Portugal numa Perspectiva Comparada , procura avaliar a politização das questões da imigração e da integração em Portugal, através de uma abordagem comparativa apoiada pela rede internacional Support and Opposition to Migration (SOM, https: // sites.google.com/site/somprojecteu/). AEste projeto de pesquisa comparativo intitulado: Apoio e Oposição à Imigração em Portugal numa Perspectiva Comparada , procura avaliar a politização das questões da imigração e da integração em Portugal, através de uma abordagem comparativa apoiada pela rede internacional Support and Opposition to Migration (SOM, https: // sites.google.com/site/somprojecteu/).
Informação do Projeto
2016-06-01
2019-05-31
Parceiros do Projeto
Immigration into Southern Europe in the twentieth-first century: still an exceptional ‘Eldorado’?
Immigration into Southern Europe in the twentieth-first century: still an exceptional ‘Eldorado’?
Informação do Projeto
2014-03-01
2016-05-31
Parceiros do Projeto