Ciência-IUL    Autores    Thais França    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
SAGE19: Scientific and Academic Gender (in) equality during Covid19
The Covid19 outbreak has impacted negatively on the gendered and racial inequalities in science. The closures of schools and care homes imposed more care responsibilities on women, which might have translated in a reduction of their productivity vis-à-vis their male counterparts. Drawing from a multi-method approach, combining qualitative and quantitative methods with data triangulation, SAGE19 aims at analysing the consequences of the pandemic on gender inequality in academia and its aftermath.
Informação do Projeto
2020-08-01
2021-06-30
Parceiros do Projeto
Pandemic Immobility: The Impact of the Covid-19 Lockdown on International Students in Portugal
The outbreak of Covid-19 has had a profound impact on all the social, economic and political life of practically all societies. To help contain the virus and limit pressures on national health care systems, spatial mobility has also been severely affected. Motivated by the rapid spread of Covid-19, countries around the world closed their borders, airlines cancelled their flights and people have been told to stay at home by their governments, limiting human circulation in a manner unprecedented in the post-war period. As a border-crossing and now a border-closing related phenomenon, the global flow of international students has been severely disrupted by social isolation measures put in place without consideration of the consequences for mobility-dependent individuals, a predicament that invites research and analysis. Looking at the Portuguese case, this situation not only reflects the challenges raised by the pandemic in regard to how institutions dependent upon mobility function, but also existing inequalities between the Global North and the Global South, and the socio-economic differentials that have shaped individual experiences of the lockdown: what has become for a many forced displacement from sending countries or an involuntary return home. Some people are evidently better equipped or better situated to cope with the sudden immobility than others. Special attention in our work is given to the impact of lockdown on the quotidian routines of international students, taking into account the new, and existing, challenges they now face, as well as the effectiveness of the response made by host institutions. Empirical evidence is drawn from 30 interviews conducted with international students who were attending Portuguese universities during the lockdown, providing us with illustrations of their capacity to cope with what we have termed ‘pandemic immobility’.
Informação do Projeto
2020-04-01
2021-04-01
Parceiros do Projeto
Crise humanitária na Venezuela: migração, trauma e resiliência
Informação do Projeto
2019-06-01
2020-06-30
Parceiros do Projeto
Internacionalização e mobilidade estudantil para Portugal
O presente projeto enquadra-se na interface dos estudos migratórios, políticas públicas e educação. Especificamente, dedica-se a i) a  internacionalização do ensino superior em Portugal e ii)  a mobilidade estudantil internacional (MEI) para Portugal. Atualmente, ambos os tópicos tem considerável destaque na agenda nacional dada sua importância para o crescimento económico e social do país. A relevância do estudo justifica-se pelas crescentes pressões da União Europeia (EU) por melhorias nos níveis comunitários de internacionalização do ensino superior e mobilidade estudantil, pela novidade do tema em Portugal, que passou a investir de maneira mais estruturada nessas duas áreas apenas nos últimos dez anos e as particularidades da sociedade portuguesa - participação da (EU) e na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, desenvolvimento tardio do sistema de ensino superior, passado colonial recente, valor económico da língua portuguesa- que conferem aos fenômenos uma configuração singular. O trabalho recorrer a diferentes contextos analíticos: histórico, político e social; estratégias institucionais e locais; interesses nacionais e regionais. Prevê uma investigação que utiliza metodologias qualitativas e quantitativas e um enfoque transversal de género. 
Informação do Projeto
2018-11-01
2024-10-31
Parceiros do Projeto
Trajetórias de Refúgio: analise de género, intersecionalidade e políticas públicas em Portugal
O projeto enquadra-se num tema prioritário do FAMI (Mulheres imigrantes e refugiadas) e responde à recente chegada de refugiados a Portugal, atendendo especificamente as mulheres refugiadas, com o intuito de compreender as especificidades das suas experiências e trajetórias, considerando as questões relacionadas com a classe social, o sexo, a religião, a nacionalidade, o acesso a educação e a saúde, e aprendizagem da língua, e as expectativas, desde uma perspectiva de género intersecional. Pretende-se perceber os desafios, as necessidades, as vulnerabilidades vivenciadas pelas refugiadas e as políticas públicas e práticas de acolhimento e integração que o sistema portugués oferece. A metodologia usada será qualitativa, e envolve um conjunto de ferramentas como a entrevista em profundidade, a investigação ação e a analise a nível nacional, regional e local, das políticas e práticas. 
Informação do Projeto
2018-11-01
2020-04-30
Parceiros do Projeto
Novas comunidades chinesas em Portugal
Desde o início do século XXI, a imigração e sedentarização de novas comunidades chinesas na Europa (imigrantes de negócios, imigrantes altamente qualificados, estudantes internacionais e imigrantes em busca de qualidade de vida) não têm parado de aumentar. Em Portugal, o crescimento do número de imigrantes chineses tem acompanhado esta tendência europeia, exigindo um conhecimento mais apurado sobre as suas caraterísticas enquanto grupo étnico específico, os seus percursos migratórios, e as suas trajetórias sociais e profissionais. Os estudos existentes sobre esta comunidade ainda são escassos e centrados, essencialmente, nos imigrantes económicos, não considerando a sua heterogeneidade enquanto grupo social ou a diversidade das suas origens geográficas. Como tal, este projeto de investigação pretende contribuir para a análise da diversidade das novas comunidades chinesas em Portugal, através de um conjunto de objetivos concretos: (i) análise comparativa dos seus fluxos migratórios e transnacionais entre Portugal, a Europa e a China; (ii) caraterização dos seus perfis sociais, educativos e culturais; (iii) identificação das suas atividades económicas e profissionais, tendo em especial consideração as estratégias de empreendedorismo desenvolvidas, assim como as oportunidades e limitações económico-profissionais a que poderão estar estruturalmente sujeitos; e (iv) análise das trajetórias de integração social quer das primeiras como das segundas gerações de imigrantes. Os métodos a utilizar neste projeto de investigação serão tanto quantitativos (fontes secundárias de dados estatísticos) como qualitativos (entrevistas semi-estruturadas, entrevistas biográficas). Equipa:  Sofia Gaspar (Coord.), Thaís França e Fernando Ampudia de Haro do CIES-IUL; Irene Rodrigues do Instituto do Oriente, ISCSP-ULisboa.  
Informação do Projeto
2018-11-01
2024-10-31
Parceiros do Projeto
Multilevel governance of cultural diversity in a comparative perspective: EU-Latin America
O objetivo geral deste projeto é criar uma rede transnacional de investigação e formação interdisciplinar entre universidades e centros de investigação europeus e latino-americanos, a fim de promover a transferência de conhecimento e produzir investigações inovadoras no campo da governança multinível da diversidade cultural numa perspetiva comparativa.
Informação do Projeto
2014-01-01
2018-06-30
Parceiros do Projeto
Scientific Mobility to and from Portugal: Production and Circulation of Knowledge in Highly-Skilled Immigration
Scientific mobility is one of the highly-skilled migration forms that have been gaining importance in European efforts to create a common European area for research; initiatives such as ERA, Marie Curie Fellowship, European Network of Mobility Centers and EURAXESS attest to this importance. Thus, this project aims to investigate how Portugal faces this reality. It is known that some initiatives were taken, such as Law 23/2007, facilitating the entry of international students and scientists in the country, research grant programs – FCT, the Gulbenkian and Champalimaud Foundation, Camões Institute – and several bilateral agreements between national and foreign institutions. Therefore, this proposal sets out to examine the impact of these actions in promoting the internationalization of Portuguese academia and to analyze the mobility trajectory taken by national and foreign researchers. In order to accomplish this goal, qualitative and quantitative methodologies will be employed, seeking to encompass the various dimensions of this phenomenon.
Informação do Projeto
2013-01-01
2018-10-31
Parceiros do Projeto