Ciência-IUL    Autores    Sónia Pintassilgo    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Fecundidade, Imigração e Aculturação: Abordagem interseccional das experiências e expectativas de sexualidade e reprodução em Famílias Cabo-verdianas e Portuguesas
CONTEXTO: O estudo das relações entre imigração, aculturação e fecundidade é recente, existindo ainda lacunas, em particular quanto às condicionantes socioculturais da fecundidade. Face ao declínio da fecundidade em Portugal, associado às mudanças estruturais do país nas últimas décadas, e perante o reconhecimento da importância da imigração para o aumento da natalidade, o projeto FEMINA foi desenhado para avaliar os fatores complexos de ordem individual, social, cultural e económica que determinam as experiências e expectativas de saúde sexual e reprodutiva (SSR) em famílias Cabo-verdianas e Portuguesas. O projeto reúne a expertise de investigadores do CIES-IUL e do ISAMB-FMUL nas áreas das Migrações, Família e Desigualdades em Saúde, visando uma abordagem compreensiva e interseccional de uma SSR promotora de segurança e satisfação. OBJETIVOS: A principal questão de investigação (QI) ("Qual é a influência da imigração e da aculturação dos imigrantes nas desigualdades em SSR em Portugal?") gerou várias QI subsidiárias: 1. Quais as diferenças entre os níveis e padrões de fecundidade nas (e entre as) mulheres portuguesas e cabo-verdianas? 2. Quais os fatores sociodemográficos (incluindo indicadores de etnicidade) associados à SSR de mulheres e homens portugueses e cabo-verdianos? 3. Quais as diferenças entre as práticas atuais e espectativas futuras relativas à SSR de mulheres e homens portugueses e cabo-verdianos? 4. Que crenças culturais e práticas de mulheres e homens portugueses e cabo-verdianos estão associados a uma melhor SSR e melhor utilização dos cuidados de SSR? 5. Quais as opiniões e valores de peritos e stakeholders relativamente a adaptar os serviços de SSR às populações immigrantes? 6. Como podem os serviços de SSR ser mais abertos à integração dos conhecimentos e práticas das culturas de origem dos imigrantes? MÉTODOS: Para responder a estas QI, foi desenvolvida uma abordagem multimétodo com recolha de dados quantitativos e qualitativos a nível individ...
Informação do Projeto
2018-10-01
2021-09-30
Parceiros do Projeto
Laboratório de Estudos Sociais sobre Nascimento
nascer.pt - Laboratório de Estudos Sociais sobre Nascimento é uma estrutura de investigação permanente, lançada em 2017 e acolhida pelo CIES-IUL. Tem como objetivo potenciar o conhecimento em torno das condições e características dos nascimentos em Portugal, contribuir para o crescimento da Sociologia do Nascimento e, ao mesmo tempo, promover o cruzamento entre estruturas e abordagens multidisciplinares no estudo do nascimento, a nível nacional e internacional. Através da produção e divulgação de informação de cariz essencialmente científico, o laboratório nascer.pt vem reforçar o debate em torno das práticas, políticas e paradigmas do Nascimento.
Informação do Projeto
2017-12-30
--
Parceiros do Projeto
Babies Born Better
Babies Born Better is an international online survey on childbirth experiences. It is an output of the COST Action IS 0907 "Childbirth Cultures, Concerns, and Consequences: Creating a dynamic EU framework for optimal maternity care" and it is currently coordinated by an International Steering Committee. The survey is available in more than 23 languages, having obtained around 40,000 responses in each edition. In Portugal, data is managed and analysed by a multidisciplinary team of researchers from the University Institute of Lisbon: Mário Santos (CIES-IUL), Helena Carvalho (CIES-IUL), Marta Matos (CIS-IUL), Sónia Pintassilgo (CIES-IUL), and Dulce Neves (CIES-IUL). 
Informação do Projeto
2016-03-03
2020-03-03
Parceiros do Projeto