Ciência-IUL    Autores    Fernando Alberto Freitas Ferreira    Projetos de Investigação
Projetos de Investigação
Supporting the Smart Specialization Approach in the Silver Economy to Increase Regional Innovation Capacity and Sustainable Growth
No âmbito do projeto europeu OSIRIS (Interreg Baltic Sea), o estudo visa melhorar a capacidade dos atores de inovação em aplicar abordagens de especialização inteligentes para enfrentar o desafio do envelhecimento da sociedade na região dos Bálticos. Para o efeito, o projeto visa aumentar a aceitação do mercado e o dimensionamento de inovações tecnológicas orientadas para o utilizador, que atendam às necessidades e preferências específicas da idade e que permitam aumentar significativamente a qualidade de vida da população em envelhecimento, incluindo o seu ambiente de convivência, saúde, segurança e lazer. O consórcio do projeto consiste em 13 parceiros diretos e 8 parceiros associados da Dinamarca, Finlândia, Estónia, Letónia, Lituânia e Rússia. Entre os parceiros diretos, seis universidades públicas representam os atores da hélice da academia, duas empresas privadas e três organizações de apoio às empresas correspondem aos atores da hélice empresarial e uma autoridade local e uma agência pública de inovação são os atores da hélice do governo.
Supporting the Smart Specialization Approach in the Silver Economy to Increase Regional Innovation Capacity and Sustainable Growth (Estonian RIS3 Priorities)
Economia prata é a parte da economia que se preocupa com a integração dos cidadãos mais velhos na sociedade. Inclui atividades económicas relevantes para as necessidades dos idosos e estuda o seu impacto em muitos setores (e.g., saúde e nutrição, lazer e bem-estar, finanças, transporte, habitação, educação e emprego). No âmbito do projeto europeu OSIRIS (Interreg Baltic Sea), o estudo visa melhorar a capacidade dos atores de inovação em aplicar abordagens de especialização inteligentes para enfrentar o desafio do envelhecimento da sociedade nos países da região dos Bálticos. O consórcio do projeto consiste em 13 parceiros diretos e 8 parceiros associados da Dinamarca, Finlândia, Estónia, Letónia, Lituânia e Rússia. Entre os parceiros diretos, seis universidades públicas representam os atores da hélice da academia, duas empresas privadas e três organizações de apoio às empresas correspondem aos atores da hélice empresarial e uma autoridade local e uma agência pública de inovação são os atores da hélice do governo.
Informação do Projeto
2019-01-01
2021-06-30
Fortalecendo a Sustentabilidade Urbana em Portugal: Estratégias de Intervenção e Medidas Proativas de Combate ao Blight Urbano
As estratégias de intervenção e de combate ao blight seguem, geralmente, três etapas: (1) identificação de propriedades afetadas; (2) caracterização dos efeitos causados nas comunidades em que estão situadas; e (3) avaliação dos custos e dos benefícios das estratégias de remediação, visando fortalecer a sustentabilidade urbana. Dado que os membros da equipa já desenvolveram trabalhos anteriores no âmbito da primeira etapa (e.g., Ferreira et al. (2018)), o presente projeto focar-se-á nas duas últimas etapas, propondo processos de apoio à tomada de decisão e medidas proactivas que permitam identificar e analisar as causas e as consequências do blight urbano, assim como antecipar os efeitos das estratégias de intervenção implementadas ou a implementar. Acreditamos que este projeto oferecerá orientações úteis sobre a questão da deterioração imobiliária urbana no território nacional, podendo ajudar as partes interessadas na formulação de medidas concretas que permitam lidar com o fenómeno do blight urbano.
Informação do Projeto
2018-09-01
2020-09-30
Parceiros do Projeto